CELPIP X IELTS na luta pelo CLB 9

Todo mundo que está planejando aplicar para o Express Entry já passou ou vai passar por isso, que é a dúvida de qual dos testes fazer para conseguir  “mais fácil” o CLB 9. Meu primo, Gabriel Dettogni, acabou de fazer as duas provas, se voluntariou a escrever e nos contar como foram as experiências. Vejam aí!


Depois de ter feito TODAS as provas de inglês utilizadas pelo CIC nas aplicações de vistos, eu tenho algumas dicas importantes que vão te ajudar a decidir qual prova fazer e como ter a melhor performance em cada uma delas.

IELTS

Fiz o IELTS ACADEMIC ainda no Brasil e cerca de um ano e meio depois fiz o IELTS General Training. As provas são parecidas, com algumas diferenças nos módulos Writing e Reading. Em cada uma delas minhas notas foram:

ACADEMIC                                                                                     GENERAL TRAINING

Speaking: 7.5                                                                                 Speaking: 7.0

Listening: 8.0                                                                                 Listening: 8.5

Reading: 9.0                                                                                   Reading: 9.0

Writing: 7.0                                                                                    Writing: 7.0

Overall: 8.0 (CLB 9)                                                                       Overall: 8.0 (CLB 9)

Você provavelmente sabe como a prova é estruturada e o que cai em cada sessão. Caso não saiba, eu recomendo muito fazer algum curso preparatório (Fiz o meu na Cultura Inglesa) e/ou estude com base nos livros da Cambridge.

Na minha opinião o IELTS é muito mais que uma prova que avalia seu inglês. Sou convicto de que muitos anglofônicos nativos teriam problemas em conseguir uma nota alta. Pra mim é muito mais uma prova de astúcia e inteligência, feita no Idioma Inglês. Você tem que ser espert@, rápid@ e criativ@, em praticamente todos os momentos. E é por isso que praticar exaustivamente é muito importante quando se vai fazer esta prova. Vamos falar um pouquinho de cada módulo.

LISTENING

Muita gente acha que essa é a parte mais difícil da prova e apesar de eu ter uma opinião diferente, eu entendo o motivo. No Listening você precisa ativar muitas áreas do seu cérebro, você tem uns 2 segundos para ler as próximas 5 a 8 questões e uma vez que você começa a escutar o áudio já tem que estar esperando um determinado tipo de resposta para a pergunta. Daí é que o bicho pega, porque muita gente (eu inclusive), não consegue escrever uma resposta e continuar prestando atenção no áudio. Então uma vez que você ouve a resposta, escreve no papel e volta a escutar você tem que retomar o assunto do áudio. Algumas estratégias que eu montei depois de ter feito muitos simulados foram:

  • Quando o áudio te dá uma resposta, nas 3 primeiras tasks, o locutor é um pouco mais enfático, o que te ajuda um pouco.
  • Na task 1, números, nomes soletrados e horários – vai escrevendo à medida que é falado. Geralmente eles fazem correções (exemplo: a pessoa marca uma reunião para as 9h e depois ela muda falando que as 10h é melhor). Então preste atenção nessas mudanças.
  • O áudio normalmente dá um espaço de tempo entre uma resposta e outra, então controle a ansiedade, ela é sua inimiga.
  • No meu segundo IELTS eu tive duas tasks faladas em inglês australiano. Então prepare-se.
  • Se você está em busca de um CLB 9, você tem que ser capaz de assistir qualquer filme ou série sem legendas. Como eu já moro em Toronto, meu ouvido já está mais treinado, mas ainda assim eu assisti FRIENDS inteiro sem legenda pra garantir meu Listening.
  • Para questões de MATCHING, foque nos nomes e faça anotações sobre aquele nome enquanto ouve. Faça o matching depois. Exemplo: você tem que fazer o matching entre espécies de plantas e as vantagens de te-las no jardim. Você vai ouvir cada planta em ordem, e não vai ter tempo de ficar lendo as vantagens ao mesmo tempo. Então, enquanto falam do alface eles descrevem como “fácil de cultivar” e “bom para crianças”. Escreva isso e depois procure a descrição mais parecida dentre as opções.

READING

De longe o módulo mais fácil. Como você deve saber, esse módulo é diferente dependendo do tipo de prova que você faz e pessoalmente achei o do Academic mais fácil – são 3 textos longos no estilo artigo, enquanto o General são vários textos menores de qualquer tema. Por serem menos textos no Academic, acaba que você não perde tanto o foco no assunto.

Algumas dicas são:

  • Leia revistas em inglês. Não importa o assunto, o importante é se familiarizar com a escrita e expandir vocabulário. Isso também te ajuda a LER MAIS RÁPIDO.
  • Algumas pessoas dizem que ler as perguntas antes e o texto depois ajuda. Pra mim só faz perder meu tempo porque eu prefiro me familiarizar com o assunto antes de responder. Então descubra sua estratégia.
  • O tipo de pergunta mais truqueiro é o True / False / Not Given. É de longe o que os candidatos mais erram. A premissa é a seguinte: se tal informação está 100% declarada no texto , ela é TRUE se uma oposição ou negaçao dela está 100% declarada, FALSE. Agora, se aquela declaração não está 100% explícita, é NOT GIVEN. A estratégia aqui é ser lógico e racional, sem espaço para interpretações.

SPEAKING

Honestamente, nesse módulo não tem o que ser estudado, porque você vai ter que falar de uma maneira “natural” sobre um assunto qualquer. Entretanto, eu adotei algumas estratégias para melhorar minha fluência e conseguir o CLB 9.

  • Uma semana e meia antes a prova, eu cortei quase todo o português da minha vida, incluindo facebook e contato com amigos brasileiros, mesmo com meu marido eu só falei em inglês. Isso me forçou a pensar somente em inglês.
  • Alguns meses depois de chegar no Canadá eu consegui um trabalho que me demandava muita interação com pessoas de diferentes nacionalidades. Isso acabou me forçando a falar mais e mais.
  • Eu e meu marido nos associamos à um clube de atividades LGBT aqui de Toronto, começa,os à ir nos eventos e encontros, e também começamos a formar um grupo de amigos qque não entendem portugues.

WRITING

Pra mim esse é o pior módulo e só de pensar nele já me dá ânsia. O problema maior aqui é o tempo. Eu escrevo devagar, minha letra é muito feia e minha mão dói quando eu escrevo. Logo, escrever 400 palavras em 60 minutos é um inferno. Fora que você tem que fazer um texto relativamenete bem estruturado, coerente, logo você tem que pensar rápido e se virar como der.

  • Pratique, pratique, pratique.
  • Nos seus primeiros textos, não se preocupe com o tempo, apenas faça da melhor maneira possível.
  • Releia o seus exercícios, buscando palavras mais refinadas, sinônimos para palavras repetidas e conectores entre idéias e parágrafos. Peça para alguém avaliar seu texto e sugerir melhorias.
  • Quando se sentir preparad@, comece a marcar o tempo.

CELPIP

Pra falar a verdade nem tenho muito prazer de falar muito do CELPIP porque foi uma prova que me deu muito desgosto. A prova é feita toda no computador, o que facilita muito as coisas e de forma geral te deixa menos estressado. O Listening e o Reading são de múltipla escolha então não existe muita interpretação. Entretanto, existe alguma coisa muito suspeita em relação à essa Se você pesquisar um pouco por resultados dos candidatos vai ver que o que mais tem é gente que foi muito bem no Listening e no Reading (avaliado pelo Computador) e foi mal no Speaking e no Writing (Avaliado por um ser humano). Na minha percepção é muito difícil os avaliadores darem o CLB 9, não sei ao certo o motivo. Minhas notas foram:

Speaking: 8

Listening: 12

Reading: 12

Writing: 8

Pedi a revisão desses 8s, mas foi em vão. $110 jogados no lixo.


Eu, Letícia, não fiz o CELPIP, mas como já fiz o IELTS Academic vou preferir estudar de novo a mesma estrutura pra fazer o General do que começar do zero e fazer o CELPIP. Além disso, eu já fiz o TOEFL uma vez e a estrutura do CELPIP é mais parecida com ele, e pra o meu estilo, o IELTS é mais fácil, então vou focar nele mesmo.

Pra complementar, eu vou deixar esse link aqui que mostra as equivalências de cada teste para cada CLB do próprio CIC. Se você tiver dúvida, essa é sempre a melhor fonte de pesquisa.

Boa sorte pra nós e obrigada primo pelo texto! 😉

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s