Como foi minha primeira semana de aula no College

 

As aulas começaram segunda-feira, dia 09.01, hoje é sexta e acabou a minha primeira semana de aula. Muita novidade, muito tempo perdida no campus e uma parte do tempo sem entender nada.

O primeiro dia de aula foi assim.

Dia 2

Só tive uma aula, das 12h às 15h, de Business Applied for IT. Fui confiante, não ia ter que ficar 2h sem fazer nada como no primeiro dia. Era só chegar, entrar na sala, assistir a aula e voltar pra casa. Aí que eu me enganei! Primeiro que eu demorei mais que o normal pra chegar no GBC, porque tinha nevado muito a noite e estava muito difícil de andar sem cair. Normalmente são 20 minutos de caminhada, devo ter levado quase 30. Depois eu demorei quase 20 minutos pra achar a sala, perdida no prédio. Subi, desci e nada. Essa sala, que na verdade é um auditório fica no lugar errado. (rs) O número é C337 e ela fica perto da C301. Quando eu (finalmente) achei, o professor já estava falando, sentei lá no fundo, pra não atrapalhar mais, e fiquei até o intervalo sem entender uma palavra do que ele falava. O auditório é enorme e ele não usava microfone, então o som simplesmente não chegava. Ele deu um intervalo de 10 minutos e fui lá pra frente com a Mimi (minha amiga koreana), que chegou logo depois de mim e também ficou lá atrás. Eu achei que ia ser uma aula super legal, mas foi bem cansativa, chatinha, daquelas que dá pra dormir. Acabou, fui pra casa!

Dia 3

De novo só tive uma aula, das 12h às 15h, Math for Computer Technology, a mesma aula de matemática da segunda-feira. Essa eu demorei só 10 minutos pra achar a sala, que não era a mesma da aula de segunda. Tema: números binários e afins, contas pra conveter esses números em outros números e outros números nesses números. Um pouco confuso, mas nada impossível.

Dia 4

Quinta eu tenho duas aulas, Web Development Fundamentals das 10h às 12h, e English Skills das 14h às 17h. A primeira foi no laboratório, que eu encontrei de primeira, e basicamente só ficamos sabendo quais programas iríamos usar, aplicativos pra baixar, instruções pra logar e uma visão rápida de programação. No fim da aula, um acontecimento inesperado, encontrei o Luis Otávio! Gente que alívio, saber que tem um brasileiro na turma. Sério! Ele estava conversando com outro moço, se apresentou e eu ouvi. Não pensei duas vezes e fui lá, né? Enfim, posso perguntar em português quando acabar meu vocabulário.

Fomos todos almoçar, depois fui resolver umas coisinhas burocráticas, tipo fazer a carteirinha de aluno e aula de novo. Pelo sobrenome a professora de inglês é grega e parece muito com as minhas professoras de metodologia do Brasil. Muita gente não gosta, mas eu adoro essas aulas. Uma gramática, uns textos pra interpretar, umas redações. Pra mim, que sou de humanas, é o oasis no meio do deserto.

Dia 5

Hoje tive 3 aulas e o bicho pegou de um jeito. Minha nossa!

A primeira e a terceira aula eram Introduction to Networks, das 8h às 10h no laboratório e das 13h às 15h no auditório. Eu não sei o que dizer sobre essa primeira aula no laboratório. Depois da apresentação básica do professor, ele entregou uma apostila, que tinha um exercício que a gente tinha que fazer escrevendo no console (tela preta). Lembrando que eu nunca vi isso na minha vida, nunca fiz um cursinho de informática, nada. Até aí tudo ótimo, eu seguia as instruções do papel e reproduzia, já planejando estudar e entender tudo aquilo em casa. Porque mesmo eu tirando dúvidas com os colegas e com o professor, na vida real não fazia sentido nenhum pra mim. Mas no final do exercício no computador, a gente tinha que responder duas perguntas dissertativas no papel. Uma eu até respondi, mas outra sem chance. Todo mundo tinha que levar pro professor conferir, porque todas as atividades contam pontos pra nota. Eu levei, ele foi super paciente, me explicou de novo, eu entendi a explicação para aquele contexto, mas saí tão perdida quanto eu cheguei.

Segunda aula piorou um pouco ainda. Era IT Essentials, só que no laboratório, sobre hardware, com outra instrutora. Só pra explicar, essa disciplina tem 4 professores e cada um é responsável pela sua especialidade. Ela falava muito rápido, sotaque do oriente médio muito forte e assunto que eu não entendo nada. Depois da apresentação básica, ela passou um conceito de elétrica em 2 minutos e entregou uma apostila com exercícios pra gente resolver e mostrar no final da aula valendo pontinhos pra nota também. Eu não sei o que é elétrica desde as aulas de físicas que eu já não lembro há muito tempo. Quem me salvou? Luis Otávio. Obrigada! Exercícios de elétrica ok. Virando a página já eram exercícios sobre hardware, compatibilidade de componentes, “monte um computador com as seguintes partes”. Que desastre. Nesse caso, quem ajudou foi o Google e a Mimi. A gente podia pesquisar na internet, até porque ninguém (ou poucas pessoas), sabem marcas e definições de placas de vídeos, processadores e CPU’s de cabeça.

Acabou, voltei pra casa e o marido foi me dar as 3 aulas. Ele já é da área e pacientemente, me explicou tudo de novo até eu entender. Coitado, vai ter trabalho.

Assim acabou a semana, descobri que Matemática é o menor dos meus problemas no momento e que vou precisar estudar em casa o dobro do que eu estudo lá, porque senão já era. Mas é isso aí, não vou desistir, se um monte de gente aprende eu também vou aprender. Cada um no seu tempo, qualquer um chega onde quiser chegar!

Minha agenda de aulas desse semestre pra vocês verem. O curso é integral, mas os horários são bem estranhos, né?

Bom final de semana!

Anúncios

8 comentários sobre “Como foi minha primeira semana de aula no College

    • leticiaxisblog disse:

      Emerson, pro meu curso o College disponibiliza 2 blocos já montados com as disciplinas do semestre, você só consegue escolher entre os dois, não dá pra escolher aula por aula. Nenhum dos dois é muito bom rs. Tem dia que eu tenho 1 aula só por exemplo, vou pra ficar lá 2h e voltar pra casa.
      Mas tem muita coisa pra fazer durante os intervalos longos: tem wifi no campus, que já te dá muitas possibilidades, academia, tem lounges, tem jogos, praça de alimentação, fora estudar, pra adiantar os 300 trabalho que temos pra entregar por semana. rs
      Ainda não comecei a procurar trabalho, estou tentando me adaptar a rotina do College ainda. É bem puxado!

      Curtir

  1. Karol disse:

    Letícia! Uma gracinha você contando sua experiência com tantos detalhes! Vai dar tudo certo, você vai superar esses desafios de mudança de área. Eu não teria tanta coragem, penso em ir para estudar Construction Eng. Tech., já que sou engenheira e penso que minha maior dificuldade seria o inglês no primeiro momento. Mas bato palmas de pé para sua coragem e determinação. Beijos

    Curtir

  2. Karla Camila disse:

    Nossa, que corajosa! De humanas e fazendo um curso com matemática!! Eu ainda estou na pesquisa, mas confesso que essa é uma matéria que estou correndo!! kkkk Nem com as aulas em português eu era boa! kkkkkk Boa sorte pra vc! 😀

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s